peticao inicial 1
O Petição Inicial é para aqueles que precisam enfrentar o balcão do cartório, o processo, o juiz, o oficial de justiça, o cliente, os livros, a internet e as contas no fim do mês.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

DIAGNÓSTICO DAS PRERROGATIVAS

A Subseção de Maringá está fazendo diagnostico das prerrogativas. A iniciativa é muito importante, porque os ataques as prerrogativas tem características diferentes conforme as comarcas. Ficará no ar por 30 dias.
A subseção conta com 4.299 inscrições ativas! Importante: o advogado participa sem a necessidade de identificação. São duas perguntas e um espaço para considerações caso queira escrever.

Clique na imagem abaixo e participe!
http://oabmaringa.com.br/site/index.php?sessao=cea884a0c5p9ce

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Falando sobre prerrogativas


Embora  o programa conste  como funções  do magistrado,  tratamos especificamente  das prerrogativas  dos  advogados 

domingo, 25 de outubro de 2015

PORTE DE ARMA PARA ADVOGADO

duelo_complicado_www_Humor12_com.gif
Segundo o presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinicius, citado por Érica Avallone,
Acreditamos na força da paz, não da violência. Mas a lei diz que não há hierarquia e nem subordinação entre advogados, magistrados e membros do Ministério Público.
Ou se concede porte de armas aos três ou a nenhum deles.
Um advogado que é assistente de acusação num julgamento está tão exposto quando ao promotor. 
O tema, a nosso ver nem era para ser polêmico. Mas, vamos colocar uma enquete no blog. Daqui 30 dias voltaremos ao assunto!

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

ESTROVENGA JURÍDICA

ESTROVENGA! ISTO QUE VOCÊ VÊ ACIMA É UMA ESTROVENGA!!!!

Estrovenga é uma ferramenta. No meio jurídico ela é pouco conhecida, mas existe uma estrovenga muito conhecida que é sinônimo de estrupício, coisa esquisita... Pois é, lendo hoje o blog do Reinaldo Azevedo na Veja, ele comentava sobre a estrovenga que foi a antiliminar dada pelo Min.Barroso do STF. Sem entrar no mérito da qualidade do servidor público.

O que chama atenção é o que está acontecendo: aos poucos estão desmoralizando o STF! Desde prisões de advogados a estrovengas jurídicas... Cada dia que passa, temo que meus processos cheguem a suprema corte brasileira.

A matéria da Veja, que me lembrou da estrovenga, não percam de ler, está aqui. Uma degustação do texto, você tem abaixo:

Blogs e Colunistas

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O CUSTO ABSURDO DA JUSTIÇA BRASILEIRA!

Não tem como chegar a outra conclusão. Segundo a newsletter do observatório de elites políticas e sociais do brasil,v. 2, n.9. 2015, publicado agora em julho, "o orçamento destinado ao Poder Judiciário brasileiro é muito provavelmente o mais alto por habitante dentre todos países federais do hemisfério ocidental". Isto é chocante, considerado a qualidade conhecida do nosso judiciário, em especial por nós advogados. E não se diga que precisamos de mais juízes. O estudo revela que o Brasil conta com 8,2 juízes a cada 100mil habitantes contra 3,8 na Inglaterra! Lembrando a piada que se conta que são necessários 5 portugueses para se trocar uma lâmpada, sendo que um segura a lâmpada, estando sobre a mesa e quatro giram a mesa. No Brasil para cada juiz sentenciando, temos 25 funcionários girando a mesa! Voltamos o comparativo com a Inglaterra, o judiciário conta com 30,6 funcionários a cada 100mil habitantes. No Brasil, são 205! Se você acha covardia comparar com a Inglaterra, então veja que até a Argentina, segunda colocada neste ranking infeliz, vem com 150 funcionários. Para nós que advogamos, precisamos fazer uma reflexão. Não é possivel num pais pobre termos uma justiça rica e totalmente fora da nossa realidade! Não deixem de ler a newsletter que você pode acessar clicando no link acima ou na imagem abaixo.

http://observatory-elites.org/wp-content/uploads/2012/06/newsletter-Observatorio-v.-2-n.-9.pdf