peticao inicial 1
O Petição Inicial é para aqueles que precisam enfrentar o balcão do cartório, o processo, o juiz, o oficial de justiça, o cliente, os livros, a internet e as contas no fim do mês.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

terça-feira, 29 de outubro de 2013

FÉRIAS FORENSES!

A pedido da OAB/PR,  o natural recesso judiciário de 20/12 a 06/01 foi prorrogado, com o acrescimo da suspensão dos prazos entre 07/01 a 20/01/2014. Com isto o advogado ganhará (será?) 30 dias de férias. Confira a RESOLUÇÃO Nº 94 de 21 de outubro de 2013 Boas férias!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

POR QUE O ADVOGADO DEVE SER DILIGENTE E ORGANIZADO?

A desorganização é a principal causa de problemas em escritórios de advocacia. Muitas vezes esta desorganização leva a perda de prazos (o que significa a morte da advocacia) ou até mesmo o retardamento no ajuizamento de ações. E por falar em retardamento no ajuizamento de ações, sem entrar no mérito, um escritorio de advocacia foi condenado a devolver o que contratou com os clientes e ainda a pagar uma indenização por dano moral, porque "a banca não apresentou justificativa para não ajuizar a ação pela qual recebeu os valores adiantados, o que deixou os autores - que tinham pressa - em situação muito ruim..." Preocupante? Esta decisão serve de alerta para o colega que acha que dá pra levar tudo só com a memória... No caso que citamos, não sabemos o que levou ao não ajuizamento, mas acreditamos que há casos outros que se dão única e exclusivamente por desorganização. Então para responder o porquê do advogado ser diligente e organizado, é para não ter que indenizar o cliente pela sua desorganização.  Quanto ao caso que citamos sobre o não ajuizamento da ação, acesse aqui a matéria publicada no Âmbito Jurídico.


segunda-feira, 14 de outubro de 2013

HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS: UM DIREITO GARANTIDO POR LEI

Com este título, foi publicado na Rádio do STJ uma entrevista com o vice-presidente do Conselho Federal da Ordem, no dia 13/10/13. Como todos sabem, muitos servidores públicos investidos na magistratura tem combatido de forma veemente os honorários sucumbenciais como direito do advogado. Afirmam categoricamente que pertencem a parte e dispõem isto em sentença fomentando disceptação e até litígio entre patrono e patrocinado. Eu realmente acho que precisamos repensar os honorários sucumbenciais, não só eles como todo o judiciário... Tá na hora de pensar até o modelo de ingresso na magistratura (ops, olha eu pondo um jabuti na postagem! rsrsrsr...) Mas, tirando o jabuti, vale a pena ouvir neste link ou clicar na imagem e ouvir a entrevista.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

O JABUTI DO PMDB CONTRA O EXAME DA ORDEM NÃO DEU CERTO!

Ainda bem! Mas é muita... é isto mesmo, preencha como quiser. O nome do deputado? Paulo Cunha. De onde? Rio de Janeiro. Partido? PMDB. Segundo o site rota jurídica, ao discutir a MP 621/2013 — que criou o Mais Médicos —  na noite desta quarta-feira (9/10) o  deputado Eduardo Cunha (RJ), líder do PMDB na Casa, enfiou (boa) uma emenda que extinguia o Exame de Ordem. A emenda foi rejeitada, com 308 votos contrários, tendo apenas deputados do PMDB votado a favor. Pra entender esta história de jabuti, clique na imagem ao lado.

DIA 25 DE OUTUBRO E VOCÊ NÃO PODE FALTAR!

Piso salarial para advocacia, prerrogativas, serão temas a serem discutidos na reunião da Comissão dos Advogados em início de carreira, no dia 25/10, as 19h na sede da OAB/PR, no Ahu, em Curitiba.

As inscrições podem ser feitas no sitio eletrônico da OAB/PR ou clicando na imagem abaixo.